PRODUÇÃO DE ELEMENTOS VAZADOS UTILIZANDO RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO TIPO CLASSE A

  • Nathália Maria Araújo MARQUES Universidade Federal de Rondônia - UNIR

Resumo

O setor da construção civil se tornou um dos maiores responsáveis pelo desperdício de materiais após deixar de ser autoprodutivo e passar a ter uma indústria fornecedora. Este trabalho objetiva a produção de elementos vazados a partir de resíduos da construção civil, especificamente resíduos do tipo Classe A. Na busca por mitigar o impacto causado pela geração desses resíduos, reinserindo-os no mesmo mercado, por meio de alternativas sustentáveis. A partir de um estudo do cenário atual, com ênfase na cidade de Porto Velho/RO, foram coletados dois tipos de resíduos Classe A, caracterizados e comparados ao agregado miúdo natural (areia).  O traço recomendado em bibliografia para confecção de elementos vazados foi ajustado e adotado como referência (1:2,75:0,5). As porcentagens de substituição de agregado miúdo natural (areia) por agregado miúdo reciclado (resíduo Classe A) estabelecidas foram de 10%, 20%, 30% e 40%. Após os ensaios nos estados fresco e endurecido e avaliação dos resultados, foram confeccionados dois elementos vazados, com os traços que obtiveram melhor resultado (TA20% e TB20%), conferindo a viabilidade de serem confeccionados com argamassa reciclada.

Publicado
2019-03-11
Como Citar
MARQUES, Nathália Maria Araújo. PRODUÇÃO DE ELEMENTOS VAZADOS UTILIZANDO RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO TIPO CLASSE A. Revista Diálogos: Economia e Sociedade, [S.l.], n. 1, p. 1 - 20, mar. 2019. ISSN 2594-4320. Disponível em: <http://dialogos.saolucas.edu.br/index.php/REDIAL/article/view/53>. Acesso em: 14 out. 2019.
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS