Arranjo físico e fluxo

análise do atual layout da secretaria de gestão de pessoas de um órgão público no estado de Rondônia

  • Jayne Leocádio LIMA Centro Universitário São Lucas
  • Maria Aparecida Lopes URGAL Centro Universitário São Lucas

Resumo

Este artigo apresenta uma análise do atual arranjo físico da Secretaria de Gestão de Pessoas (SEGESP) de um Órgão Público no Estado de Rondônia, com o principal intuito de verificar se o atual layout interfere na eficiência dos serviços prestados. Arranjo físico, também conhecido como layout, no geral significa organização e disposição física de máquinas, equipamentos, pessoas, etc. no processo produtivo. O estudo do referido tema é oportuno, pelo fato de no momento presente, a Secretaria vivenciar um novo planejamento que inclui uma reforma em seu atual arranjo físico, portanto, através dos resultados obtidos com o estudo do tema será possível constatar se uma reforma é realmente necessária e viável. A metodologia elaborada para o desenvolvimento da pesquisa utilizou o método indutivo com o propósito de buscar a melhor resposta para o problema de estudo, e analisando os resultados provenientes da coleta de dados foi possível atingir o objetivo almejado, onde constatou-se que o atual layout da Secretaria interfere na eficiência dos serviços prestados, impactando diretamente na produtividade dos servidores.

Publicado
2017-09-08
Como Citar
LIMA, Jayne Leocádio; URGAL, Maria Aparecida Lopes. Arranjo físico e fluxo. Revista Diálogos: Economia e Sociedade, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 147 - 157, set. 2017. ISSN 2594-4320. Disponível em: <http://dialogos.saolucas.edu.br/index.php/REDIAL/article/view/10>. Acesso em: 20 fev. 2018.